quinta-feira, 18 de julho de 2013

Dicas de Como Usar - Quadros

O que vocês acham de decorar com quadros? Bacana não é mesmo?
Os quadros são elementos interessantes para decoração de paredes, sejam eles gravuras, fotos ou pinturas. Dependendo do quadro, do desenho ou da moldura, a harmonia pode ser quebrada, por isso, para fazer um bom uso desses elementos, é preciso observar alguns aspectos, veja abaixo:


 Altura: de modo geral, os quadros devem ser colocados a uma altura padrão de 1,60m, que permite uma boa visualização da obra tanto por pessoas baixas quanto por pessoas altas. Tenha como referência também o batente da porta: um quadro nunca deve ser colocado acima dele.

Proporção: os quadros devem ser proporcionais à parede em que estarão localizados. Para paredes muito grandes, um quadro pequeno pode não cair bem, mas talvez uma sequência de quadros do mesmo tamanho possa criar um efeito agradável e harmônico. O mesmo vale para paredes muito pequenas com quadros muito grandes, é bem provável que fique esteticamente estranho.



Alinhamento: os quadros não precisam ter necesariamente o mesmo tamanho para estarem na mesma parede, mas é importante que você adote um mesmo referencial na hora de colocá-los juntos. Você pode alinhá-los pela parte inferior ou superior.

Móveis: quadros acima de móveis pedem distâncias diferentes da padrão. Um quadro acima de um sofá, por exemplo, deve ser colocado entre 25 e 30 cm. Já se for acima de uma cabeceira da cama, o ideal é colocar os quadros 20 cm acima desta.
Também devemos estar atentos ao tamanho do quadro sob dois aspectos: o primeiro diz respeito ao tamanho do quadro, que não pode ser pequeno ou ter desenhos ou gravuras que exijam maior observação, já que, por estarem acima de um móvel, não permitem uma aproximação maior do observador. O segundo aspecto importante é que o quadro deve tomar as duas pontas do móvel, por isso, às vezes pode ser interessante fazer uma composição de quadros do mesmo tamanho.

Iluminação: os quadros podem ser valorizados com determinada iluminação. No entanto, é preciso tomar cuidado com o material do quadro, pois cada material exige um tipo de lâmpada, evitando, assim, danos.

Disposição dos quadros: alguns quadros ficam melhores em determinados cômodos, assim como podem ficar melhor juntos ou separados. Algumas paredes pedem quadros maiores ou menores, ou uma composição de quadros. Veja algumas dicas a esse respeito:
- Quadros originais de mesmo tipo – por exemplo, aquarela – devem ser agrupados juntos, pois valorizam o trabalho do artista.
- As molduras valorizam as peças, portanto, siga algumas regras simples de utilização delas, como utilizar molduras de madeira para telas. No entanto, se a tela for um original a oléo com motivos
abstratos, não é necessária a utilização de molduras.
- Fotos costumam ser mais interesantes quando organizadas por assunto e costumam ficar melhores em espaços mais íntimos, como quartos, ou em corredores e áreas de passagens.




Se você tem dúvidas de como ficará a disposição dos seus quadros, pegue qualquer papel de revista ou jornal, corte do tamanho do quadro que você quer utilizar e cole na parede ou faça o contorno do quadro com a própria fita adesiva. Assim você pode visualizar como irá ficar a disposição dos quadros, se não gostar é tirar e colar de novo.



Os quadros dão um diferencial e tanto no ambiente. É só saber usa-los da maneira correta para ficar em harmonia com o seu cômodo, ok ;)

Beijos,


Priscila

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o meu Cantinho!
Ficarei muito feliz em ler seu comentário e irei responder o mais breve possível.
Beijos :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...