quarta-feira, 31 de julho de 2013

Elementos Arquitetônicos - Janelas

Oi pessoal,

Dando continuidade... :)

As janelas, como as portas, podem ser colocadas de modos diversos, de acord com o seu projeto de decoração. Elas podem auxiliar na iluminação, na amplificação de um ambiente, na ventilação do cômodo etc. Por isso, é preciso ficar atento ao que quer para sua casa, para escolher um modelo adequado. Além disso, algumas ficam melhores escondidas e outras podem ser incorporadas à decoração do ambiente.
• De correr: são as janelas que podem ser deslizadas num plano horizontal, podendo conter uma ou mais folhas.
• De abrir: são as janelas tradicionais fixadas em batentes e que se movimentam por rotação em eixos verticais fixos.
• Guilhotinada: são aquelas janelas também presentes em casas mais antigas. Geralmente formadas por duas folhas que se movimentam em sentido vertical e travadas por uma peça chamada “borboleta”.
• Pantográfica (sanfona): são janelas conhecidas como sanfona, pois suas folhas são articuladas e quando deslizadas no sentido de abertura, podem dobrar-se uma sobre a outra.
• De tombar: é o modelo de janela que pode ser aberta tanto para dentro quanto para fora, movimentando a parte superior, a parte inferior da janela é fixa e quando você a abre, ela tomba, daí o seu nome.
• Projetante: como o próprio nome sugere, se abre projetando a parte inferior para fora, ou seja, neste caso, a parte fixa está na parte de cima da janela.
• Pivotante: geralmente constituída por uma folha que gira sobre seu próprio eixo localizado no centro do batente da janela.
• Bay Window: trata-se de um modelo muito interessante, embora pouco utilizado no Brasil. Comum na arquitetura inglesa, é uma estrutura que possui três faces de janelas que se projetam para fora da casa.
• Basculante: muito comum em cozinhas e banheiros, são janelas com abertura simples, realizada por um único mecanismo.
• Maxim-Ar: como o próprio nome já sugere, é um modelo de janela que permite o máximo de entrada de ar, ou seja, sua abertura permite que o vidro fique em posição perpendicular à esquadria.

Bay Window





Existem algumas recomendações no que diz respeito à colocação das janelas em determinados ambientes:
Proteger e sombrear janelas da face norte e oeste a fim de permitir a entrada de claridade, evitando a superexposição dos ambientes aos raios solares.
Posicione-as de modo a impedir que ruídos externos perturbem a tranquilidade dos ambientes. Nos locais de maior problema sonoro, é aconselhável a instalação de janelas à prova de som, com folhas de vidro duplas e tratamento acústico mais aprimorado.
Janelas que ocupam toda uma parede podem criar uma atmosfera muito interessante, principalmente quando incorporarem o ambiente externo ao interno.

Gostaram das dicas?

Beijos.


Priscila

2 comentários:

  1. uau eu chamo todas de janelas, nem sabia de todos esses nomes rs

    baci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê,
      Pois é, tem diversos nomes rsrs.

      Beijos e obrigada pela visita.

      Excluir

Obrigada por visitar o meu Cantinho!
Ficarei muito feliz em ler seu comentário e irei responder o mais breve possível.
Beijos :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...