domingo, 4 de agosto de 2013

Elementos Arquitetônicos - Piso

Oi pessoal,

Chegamos ao nosso último elemento arquitetônico, êeee!

Diferentes climas pedem diferentes materiais de revestimento no piso. Mármore, granito, pedras refratárias e cerâmicas são boas opções para climas quentes. Já madeira, laminado e carpete são os mais recomendados para climas frios. Os rodapés devem, preferencialmente, seguir o mesmo material do piso.

• Laminado: é um piso que possui bela apresentação, fácil instalação e não risca com facilidade. Deve ser instalado nas áreas como salas e dormitórios. Cuidado, pois o contato com água ou qualquer outro tipo de umidade pode causar danos ao produto. Apesar de ser facilmente instalado, é preciso estar atendo ao nivelamento do piso ou contrapiso que irá recebê-lo. Em caso de desnível, será
preciso refazer a estrutura para assentar o piso.
• Assoalho de madeira: há uma grande variedade de assoalhos de madeira com diferentes tamanhos, formas e cores. Dentre as principais características, podemos destacar:
- Sinteco, resina Bona, resinas em geral, pátina, clareamento ou abanização.
- Os tacos, as tábuas ou parques, além de aquecerem o ambiente, oferecem uma sensação de aconchego e tranquilidade.
- Podem ser assentados de várias formas, com diferentes desenhos. Os mais comuns são os dispostos em forma diagonal, longitudinal, espinha de peixe, entre outros.
- Lembre-se que acabamentos mais foscos riscam menos e dão maior sensação de aconchego. Além disso, para cada tipo de assoalho é necessária uma preparação diferenciada do contrapiso.
• Borracha e emborrachado: de fácil aplicação, antiderrapante, resistente, impermeável, esse piso é um bom isolamento térmico. Contribui para reduzir os ruídos e permite desenhos diferentes e criativos. Recomendável para quartos de crianças ou espaços para brinquedos, escritórios, salas de
ginásticas, banheiros e vestiários. Pode ser colorido e alegre ou neutro e sóbrio.
• Marmoleum/Linoleum: esse piso é produzido com materiais naturais, com padrões marmorizados ou lisos e de diferentes cores e possui grande durabilidade. Embora seja muito versátil, prático e de fácil manutenção após a aplicação de produtos específicos, é um revestimento relativamente caro, que
exige mão de obra muito especializada, pois qualquer imperfeição no contrapiso, por menor que seja, ficará evidente após instalação.
• Mármore e Granito: mármores e granitos são considerados pisos frios e, por isso, são ótimos para aqueles que não possuem muito tempo para realizar uma limpeza mais detalhada da casa, ou seja, para limpá-lo, basta varrer e passar um pano úmido. Da mesma forma, são ótimos para locais de climas quentes, como o Nordeste do Brasil, pois ajudam a manter a temperatura mais baixa, diferente
das madeiras e assoalhos. Podem ser adquiridos nas medidas que forem necessárias para atender o projeto do designer, no entanto, as medidas mais baratas são as de 30 cm × 30 cm ou de 40 cm × 40 cm, também conhecidas como versão econômica. Quando bem utilizados, podem criar belos ambientes com peças grandes combinadas com desenhos.





A fim de quebrar a frieza desses materiais, é possível, por exemplo, utilizar materiais mais quentes, como a madeira, ou materiais em textura mais rústica. De textura mais suave, mármores como Carrara ou Nero deixam o ambiente com um caráter nobre e sofisticado. Já o granito possui textura visual (padronagem) mais pesada e menos porosa do que o mármore, sendo, portanto, mais indicado para bancadas de cozinhas e respectivas áreas molhadas. Na hora da escolha para a decoração do piso, opte pela textura e pela cor.
• Carpete: excelente opção para ambientes que devem ter um tratamento acústico mais aprimorado.  É um piso muito versátil, graças aos vários padrões e materiais com que é fabricado, valoriza o ambiente e permite infindáveis composições de cores, alturas, texturas e padrões. Pessoas com problemas de alergia devem recorrer a carpetes antialérgicos, antifúngicos e de baixa espessura. Para áreas de maior tráfego, o tipo bouclê é o mais recomendado, pois seus fios são mais resistentes do que os dos carpetes convencionais.
• Granilite: muito utilizado nos anos 1950 e 1960, é versátil, resistente e dá personalidade ao ambiente, podendo ser utilizado em qualquer área. Para não deixar o ambiente frio (visual e fisicamente) recorra aos tapetes no inverno.
• Piso cimentado, cimento queimado e placas cimentícias: basicamente, o piso cimentado substitui o piso de terra batida como opção barata e simples. Esse piso possibilita infinitas composições e soluções personalizadas.
• Pedra: deixa o ambiente acolhedor e aconchegante. Porém, deve ser utilizada em estilos mais rústicos e informais. Uma resinagem pode prevenir o aparecimento de manchas, entretanto, evite utilizar acabamentos brilhantes, principalmente em áreas molhadas como banheiro e cozinha.

Chegamos ao fim de mais uma série de posts \o/
Vocês gostaram? Tem ideias de mais algum tipo de série que podemos fazer?
Se tiver, deixe aí embaixo nos comentários, farei com muito carinho e dedicação para vocês.

Beijos,


Priscila

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o meu Cantinho!
Ficarei muito feliz em ler seu comentário e irei responder o mais breve possível.
Beijos :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...