sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Elementos Arquitetônicos - Tetos e Forros

Oiê galera,

Um forro bem projetado possibilita a ampliação de determinado espaço, além de desempenhar importantes papéis funcionais, como iluminação, elementos de aquecimento, ventilação, ar-condicionado, proteção contra incêndios e absorção do som.
Os modelos de forros são diversos, mas é possível destacar seis entre os mais utilizados: os
forros de madeira, de gesso, isopor, metálico, bambu e PVC.
Para a instalação dos forros, são necessárias algumas considerações em relação à durabilidade, manutenção, estética, conforto etc.
• A durabilidade e a manutenção devem ser observadas ainda durante a escolha do tipo de material que deverá usar para fazer o forro. Forros naturais, por exemplo, podem até ser mais aconchegantes, no entanto podem trazer problemas de umidade e cupim.
• Alguns materiais exigem que a mão de obra seja especializada, tornando-a mais cara.
• Na decoração, o resultado final do visual do forro é extremamente importante.
• O forro é requisito básico para propiciar aos ambientes o conforto térmicoacústico.
• Considere o valor do m² do forro e se está dentro do orçamento preestabelecido.





É possível utilizar alguns recursos compositivos para resolver problemas de tetos e forros muito baixos ou altos, sanando os problemas ligados à decoração. Para escurecer a tonalidade do teto e do piso, por exemplo, é possível abaixar o teto ou manter a iluminação direcionada para cima, com a intenção de aumentá-lo visualmente. No entanto, esses recursos só resolvem o problema visualmente, não tendo resultado na estrutura física desses elementos.

Espero que tenham gostado :)

Beijos,


Priscila

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o meu Cantinho!
Ficarei muito feliz em ler seu comentário e irei responder o mais breve possível.
Beijos :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...